.

.
Aqui se contam algumas experiências de CT1BAT que o pouco que sabe recebeu de outros e cuja valia reside na capacidade de o melhorar e legar

my QSL card

my QSL card

(todas de construção caseira! All homebrew)

The newest VHF+UHF tower!

Loop Quad

Loop Quad
a minha nova antena para os 20m e Qrg superiores

Quadra Cúbica 50MHz

Quadra Cúbica 50MHz
(o meu canhãozinho!)
My work conditions:

RX: Scaner UNIDEN UBC360CLT

TX/RX

HF:

Sommerkamp FT DX 505

YAESU FT 450AT

iLER40, 40 mts QRP

X1M, 5 bands QRP

VHF+UHF:

YAESU FT 7800

YAESU FT 290 R

YAESU FT60E

UV-3R



ANTENAS:

for HF:

Diamond CP6 all band + 50 MHz

Antennas Home Made:

Dipol w traps (type 2BDQ) for 80/40/20 mts

Dipol full size 80 mts

Hard dipol for 20 mts

Hard dipol for 40 mts

Long Wire w. 1:9 balun

Tak Tena for 40 mts

LOOP 80 mts

Vertical Loop Quad 6-20 mts

Morgain 160/80 by IM0JZJ




for VHF+UHF:

Diamond X30

Home made:

- J Pole

- Slim Jim by G2BCX

- Slim Jim by DU1ANV

- Moxon

- Vertical 5/8

- Direct 3 elements

- Direct 9 elements

- Direct 7 elements for UHF ( for SAT + hunting)

and many other antennas, all homebrew.


on telescopic antenna mast made by CT1BAT

You can see my video here: http://www.youtube.com/watch?v=stWFY9FcQbY

Projetos:

MASTRO TELESCÓPICO por CT1BAT
ou
COMO FAZER UM MASTRO TELESCÓPICO, APRESENTÁVEL E FUNCIONAL, POR POUCO DINHEIRO (menos de €150,00)


Olá companheiros Radioamadores!

Todos nós, Radioamadores, temos os nossos constrangimentos. Ou porque não há espaço, não temos meios (oficina e/ou ferramenta) ou falta o saber-fazer…

Mas, desde que haja vontade e um pouco de imaginação … a obra nasce!

Claro que é muito mais tranquilo comprar feito! Mas, isso é para quem pode e/ou não está para se maçar e tem uma perspectiva mais “limpinha” do Radioamadorismo.

Por uma razão ou por outra e contra todos os apoios (não és capaz… é complicado…) eu, com o meu fraco saber (filho de cidade, nada habituado a sujar as mãos e toda a vida trabalhanda na banca) mas muita determinação e algum engenho, fiz o “meu” mastro telescópico, por cerca de 150 Euros, que me deu e dá muito gozo e ali está funcional e resistindo aos ventos!


http://youtu.be/stWFY9FcQbY
Então, aqui vai em linguagem o mais acessível possível e …bom trabalho!
Comece por comprar 3 mastros de tubo de aço quadrado (são relativamenet leves, duros e mais firmes), de 80 mm, 60 mm e 40 mm de lado.

Os meus custaram cerca de 100 Euros (têm 6 mts de comprimento, cada).


De forma a reduzir o atrito no movimento dos tubos dentro uns dos outros, precisamos de 16 roletes para colocar 4 na base de cada tubo de 60 mm e do de 40 mm, outros 4 no topo dos tubos de 80 mm e de 60 mm.. Com o peso, se a folga (entre tubos) for menor e não houver rolamentos/roletes, os tubos poderão prender e não deslizar…

Que tipo de rolete?
De preferência em teflon/plástico endurecido (não vão suportar peso, apenas atrito de rolamento). Se não encontrar no mercado (eu não achei…e o que há é caro) compre vara de teflon com 7 ou 8 mm de diâmetro e … faça-os.




Corte e fure ao centro para passar um parafuso de aço de  3 mm.

Sugiro 4 roletes com o comprimento de 56 mm (para o lado de fora do tubo de 60 mm), 4 de 52 mm (para o topo/dentro do tubo de 60 mm), 4 de 36 mm (para o lado de fora do tubo de 40 mm) e 4 de 72 mm (para o topo/dentro do tubo de 80 mm).

De cada lado do rolete leva uma anilha para suavizar o atrito nos apoios dos roletes ou nas paredes do tubo.

Agora vamos cortar as peças de metal duro de 2,5 mm de espessura ( 4 de cada medida) que vão suportar os roletes a colocar na base de cada um dos tubos de 60 mm e de 40 mm.

(CLIQUE NA IMAGEM PARA AUMENTAR)
A furação para os roletes (a preto) deverá ser feita no final, com a peça já aplicada no tubo, para melhor ajuste.

Como os tubos têm cerca de 1,5 mm de espessura da parede e necessitamos de alguma folga, vamos contar com 2 mm.
Assim, colocando o tubo de 60 mm dentro do de 80 mm, menos a espessura da parede e a folga, resta-nos 8 mm em toda a volta. (80-2-2=76; 76-60=16; 16/2=8)
A proporção é igual para os tubos de 60 mm e 40 mm.

É neste espaço que vão funcionar os roletes (necessários para fazer deslizar, com atrito reduzido, os tubos) e por onde vai passar o cabo de aço que faz elevar os tubos e que os suporta quando subidos e na descida.

Vamos, ainda, precisar de 3 roldanas simples (2 de 60 mm de diâmetro e uma um pouco maior, entre 70 a 75 mm).

Atenção, devem ter um sulco fundo para que o cabo de aço não saia da roldana.

Compre um guincho simples (o meu, igual a este, custou 19,50€) e uns 15 metros de espia de aço ( a secção depende do que vai colocar no mastro mas 5 mm já suporta uma boa carga).
O cabo de aço deverá encaixar bem no sulco da roldana.

Compre 3 parafusos de 8 mm com porca de segurança, (se quiser furar e meter uma golpilha vale o mesmo, apenas vai suportar carga na vertical) um com o comprimento de 100 mm e dois de 70 mm.

Estes parafusos destinam-se a servir de batente inferior a colocar nos tubos de 80 mm e de 60 mm e para a roldana no tubo de 60 mm.

Providencie 4 suportes em “L” (há à venda no mercado já com várias furações e barato) para ajustar e suportar as 2 roldanas mais pequenas presas aos tubos e os respectivos parafusos com porca e anilha.

Junte-lhe um berbequim e algumas brocas para metal (de 4 e 8 mm) uma pequena rebarbadora (se tiver), uma dose de paciência e … vamos a isto!

Eu não gosto, nem sei, soldar a eléctrodo.
Se você o quiser fazer, para dar maior fixação às peças, recomendo que o faça no final, depois de tudo a funcionar devidamente.

MONTAGEM

A 1,5 metros do fundo (considerei uma “entrega”- a parte do tubo que fica dentro do outro, de 1,5 metros), no tubo de 60 mm faça um sulco de forma a que a roldana maior o atravesse de um lado ao outro (ela vai funcionar dentro do tubo).


Teste e guarde. A roldana vai ser aplicada quando montar os tubos.

Agora vamos aplicar os suportes dos roletes no tubo de 60 mm a 50 mm do fundo (use parafuso com porca).

A 20 mm do fundo (ou a seguir às já colocadas) aplique as peças nos lados C e D.

Vamos deixar a fixação dos roletes, por serem mais frágeis, para o final.

Agora vamos, de igual forma, aplicar as peças (mais pequenas) na parte que fica para baixo no tubo de 40 mm.

ROLETES

Vamos passar à montagem dos roletes no “topo” e no “interior” do tubo de 80 mm.

Repare na imagem.
Os roletes vão funcionar no (topo) interior do tubo de 80 mm, o mais próximo possível da parede (interior) mas sem lhe tocar +- 1 mm (para poder rolar).

Depois de aplicados os roletes (experimente) se o tubo de 60 mm passa sem dificuldade no espaço interior (entre os roletes).

Atenção: um dos roletes terá de ser seccionado e introduzio um pequeno tubo (casquilho) entre eles para garantir o espaço para passar o cabo de aço. Será o rolete que fica no lado oposto ao guincho (verifique o desenho do circuito do cabo de aço, mais abaixo).


Agora vamos montar, da mesma forma, os roletes no topo e no interior do tubo de 60 mm.

Experimente se o tubo de 40 mm passa bem no espaço entre roletes.

Já podemos fixar os roletes no fundo (lado para baixo) no exterior dos tubos de 60mm e de 40mm, conforme o desenho abaixo.


FIXAÇÃO DO GUINCHO

À altura que mais lhe convier ( 1,20 metros do chão) arranje forma de fixar o guincho.
Deixo uma sugestão:

Arrange 2 chapas de acordo com o desenho. Depois de furadas, por igual, fixe uma delas à traseira do guincho. .

Com 4 parafusos de 120 mm x 8 mm fixe-a no mastro à altura que desejar

ROLDANAS
O sistema elevatório consta de 2 roldanas no topo do primeiro tubo, no topo do segundo do lado oposto e de uma outra roldana no fundo do segundo tubo.

Procedemos de seguida à preparação e montagem das roldanas por onde há-de passar o cabo de aço.

No topo do tubo de 80 mm, 100 mm abaixo dos roletes, usando a rebarbadora (ou furar e serrar) faça uma abertura, ao centro, com a largura da roldana e 55 mm de comprimento.
Servirá para inserir parte da roldana de forma a que o cabo de aço não roce na parede interior do tubo.



Pormenor lateral/perfil da colocação da roldana no tubo.

De seguida procederemos, de igual modo, no topo do tubo de 60 mm.
Atenção: a roldana é colocada do lado oposto.

Para melhor percebermos o funcionamento das roldanas mostramos, à esquerda, o circuito do cabo de aço.

A 1,5 metros do fundo do tubo de 40 mm fazemos a furação para um parafuso com anel para prender a extremidade do cabo de aço (temos 8mm de espaço).

Só vamos aplicar o parafuso na montagem final dos tubos.


MONTAGEM FINAL DOS TUBOS
Atente no desenho.

Já com os roletes montados os tubos são alinhados de forma a passarem uns por dentro dos outros do fundo para o topo.

Antes do começar a introduzir os tubos colocar o parafuso no tubo de 40mm e passar o cabo de fora para dentro, pela roldana do tubo de 60mm em direcção ao parafuso do tubo de 40mm (veja o desenho).

Introduza o tubo de 40mm no fundo do tubo de 60mm.

Coloque a roldana e o parafuso (azul) no fundo do tubo de 60mm, após a passagem do tubo de 40mm.

Passe o cabo de aço por dentro do tubo de 80mm até à roldana e passa para fora em direcção ao guincho.

De seguida introduza os dois tubos no fundo do de 80mm, sempre puxando o cabo de aço e coloque o parafuso (verde) de suporte no fundo do tubo de 80mm, depois dos outros tubos passarem.


FIXAÇÃO AO CHÃO

Num bloco de cimento (com a chapa de terra por baixo!) fixei uma peça em chapa com duas alhetas, separadas 80 mm onde coloquei o tubo, atravessado por um parafuso de 10mm por 14 mm de comprimento, o que me permite baixar a antena, para o lado, se necessário.

Porque está enconstada a uma parede, permitiu-me colocar uma roldana para a deitar e colocar, de novo, na vertical e prender na parede.
De resto, no meu caso particular a manutenção das antenas é feita em cima do telhado da churrasqueira, já que o “arvoredo” do jardim não permite deitar o mastro!

Espero ter sido claro na exposição e ter contribuido para que, com um pouco de habilidade, possa construir um mastro telescópico capaz de suportar as suas antenas de VHF e UHF, as direccionais de satélite e, até, uma pequena yagi ou dipolos rigidos para HF.
Se lhe fui útil, foi um prazer!
73
De CT1BAT-José Machado – Coimbra-Portugal

Nota: Se gostou da ideia e construiu o MASTRO TELESCÓPICO CT1BAT
diga-me da sua satisfação para mailto:ct1bat@gmail.com

10 comentários:

  1. Boa noite colega Machado

    Meus parabéns, o seu site está muito bom,

    as fotos, os links, e toda a imagem.

    E claro está,o mastro ficou 5 estrelas.

    73 Helder CT2JIU

    ResponderEliminar
  2. Parabéns, para quem não tem habilidades como vc disse, isto é uma boa obra de engenharia, e dos bons engenheiro......ficou fantática
    Edison Pegoraro
    PU2POW

    ResponderEliminar
  3. Edison obrigado pela sua bondade e gentileza!
    Apareça sempre, aqui ou em trgm.blogspot.com a Tertúlia de Coimbra!
    Um abraço do
    CT1BAT - Machado
    sempre QAP

    ResponderEliminar
  4. boa noite colega Machado
    descobri por acaso o seu projeto mas digo-lhe que esta estupendo e é aquilo que eu gostaria de fazer mas nao sei se consigo tenho que ler a descriçao mais vezes para entender a 100%.
    Pela minha parte o meu obrigado pelo seu contributo.
    Laurindo pereira
    ct1drx

    ResponderEliminar
  5. Prezado Machado,

    agradeço imensamente sua ajuda. Vou montar aqui no Brasil e posteriormente mando fotos.
    73 de Martins - PY2HN///

    ResponderEliminar
  6. Alô, CT1BAT. Engenheiro já sabia que o senhor era. Mas com essa qualidade, ainda não.
    Gostei de ver. Está quase tão perfeito quanto o meu. Depois mostro. Falta-lhe o motor de elevação e recolha. Pense nisso.
    Bom trabalho e um grande abraço.
    Caldeira

    ResponderEliminar
  7. Caro colega Machado CT1BAT

    Muito obrigado pela sua explicação.
    Está a ser muito útil no meu projecto e depois na minha montagem de um mastro telescópio de 11 metros +/-, visto que só vou utilizar dois lances de 6 metros.
    Agradeço a explicação e a divulgação do seu projecto.
    Bem-haja

    Francisco Ramos CT2JKJ

    ResponderEliminar
  8. Também queria deixar o meus agradecimentos por esta obra simples de grande proveito para o bem comum . Eu fiz em tubo quadrado de aluminio 100x85x75 num comprimento total de 13metros cada mastro em alumibio mede 6,30metros então fica 6,30 + 3,30 + 3,30 fica mais resistente e não precisa de espias . muito obrigado Sr. José Machado 73/51
    Rui Sousa 31sd239@iol.pt

    ResponderEliminar
  9. Em alumínio, de parede dupla, ?!? Uma óptima ideia, deve estar lindo! Parabéns.
    (Quando puder mande foto!)

    ResponderEliminar

Deixe aqui a sua opinião. Obrigado!