.

.

Aquí, se relatan algunos de los experimentos de CT1BAT que lo poco que sabe recibió de otros y cuyo valor radica en la capacidad de mejorarlo y compartirlo. *** Ici, certaines des expériences de CT1BAT sont rapportées que le peu qu'il sait a reçu des autres et dont la valeur réside dans la capacité à l'améliorer et à le partager. *** Here, some of the CT1BAT experiments are reported that the little he knows received from others and whose value lies in the ability to improve and share it.

my QSL card

my QSL card

Loop Quad

Loop Quad
a minha nova antena para os 20m e Qrg superiores

Quadra Cúbica 50MHz

Quadra Cúbica 50MHz
(o meu canhãozinho!)

Ver video...

(todas de construção caseira! All homebrew)

Todos os projetos, aqui descritos, foram testados por CT1BAT conforme se mostra.

"SLIM JIM" em memória de F.C. JUDD-G2BCX

 Longe vai o ano de 1980. O VHF tinha acabado de chegar... eram poucos os radioamadores equipados com VHF.


Num contato, em HF, com a estação G2BCX o operador Judd (falecido há poucos anos) fala, com entusiasmo, da nova antena que tinha inventado, a SLIM JIM e passa-me as medidas. Convém lembrar, sobretudo àqueles que nasceram nos últimos 30 anos que a Internet era algo com que nem se sonhava!

Com os fracos recursos que existiam na época, o que mais se aproximava era a antena de TV do canal 3 da Lousã que (aproveitando o trombone) ajustado para as medidas se chegava a uma antena que "carregava" bem e chegava. Sim porque, naquele tempo, ainda nem se sonhava com os analizadores de antena e os medidores de ROE/SWR, para VHF, eram raros e caros.

Vai-se à sucata (sempre!) e nasce a primeira SLIM JIM que, depois de testadas muitas e variadas versões, continua a ser a antena vertical de VHF "de eleição".

Eu não a poderia descrever melhor que Don-N4UJW em Hamuniverse.com: "... A antena Slim Jim ... é uma antena omnidirecional polarizada verticalmente  com "ganho" considerável e está concentrada ... em direção ao horizonte em vez de em direção ao céu, tornando-a mais eficiente do que uma antena do tipo plano de terra em cerca de 50% melhor. Pode ser construída para quase todas as frequências! Devido ao seu design SLIM, há muito pouca carga de vento. É alimentada com cabo coaxial de 50 ohms (direto!)Ela usa um esboço de correspondência do tipo 'J' (J Integrated Matching = JIM), daí o nome SLIM JIM. O crédito pelo design original vai para FC Judd, G2BCX. Uma vez que o ângulo vertical de radiação é tão estreito, cerca de 8 graus em direção ao horizonte, ela geralmente tem desempenho de 5/8 de onda ... construção do tipo plano de terra devido ao seu ângulo de radiação muito maior. Estima-se que a Slim Jim parece ter cerca de 6dB de ganho ... uma antena de 5/8 de onda  devido ao ângulo de radiação extremamente baixo." Há muitos artigos, na Web, sobre a SLIM JIM.

Esta semana (para entender as experiências de um colega...) resolvi construir uma J e uma SLIM JIM, para comparar. 


Depois de vários estudos (medições finais nas fotos, para que não haja dúvidas...), 



optei por "envelopar" a SLIM JIM que, devido ao atraso dos correios, o colega pode vir levantar!

Para quem se quiser entreter a construir uma antena simples, por baixo custo e com performance que não tem comparação no mercado (!) arranje 3m de cobre/aluminio (tubo ou vara), um analisador e paciência q.b. e tem aqui a calculadora do John (e a minha ajuda, se precisar):

https://m0ukd.com/calculators/slim-jim-and-j-pole-calculator/

Divirta-se!



Sem comentários:

Publicar um comentário

Deixe aqui a sua opinião. Obrigado!