.

.

Aquí, se relatan algunos de los experimentos de CT1BAT que lo poco que sabe recibió de otros y cuyo valor radica en la capacidad de mejorarlo y compartirlo. *** Ici, certaines des expériences de CT1BAT sont rapportées que le peu qu'il sait a reçu des autres et dont la valeur réside dans la capacité à l'améliorer et à le partager. *** Here, some of the CT1BAT experiments are reported that the little he knows received from others and whose value lies in the ability to improve and share it.

my QSL card

my QSL card

Loop Quad

Loop Quad
a minha nova antena para os 20m e Qrg superiores

Quadra Cúbica 50MHz

Quadra Cúbica 50MHz
(o meu canhãozinho!)

Ver video...

(todas de construção caseira! All homebrew)

Todos os projetos, aqui descritos, foram testados por CT1BAT conforme se mostra.

QHF antena LHCP para satélite NOOA (137,5MHz)


 Há quem diga que recebe satélites até com chicote de borracha! 
É possível, dependendo do satélite e (muito!) do acaso/coincidência da passagem e da direção.
Mas, para se escutar com eficácia e fazer emissão, naqueles em que é possível, é preciso escolher o momento da passagem, mais próxima da sua localização, o azimute e ter uma antena com direcionalidade bastante para apontar o satélite. 
Isto para amadores! 
Claro que, para os "profissionais" há equipamento adequado desde software, para indicar passagens e variações de frequência conforme a aproximação ou afastamento, antenas e rotores azimutais.
Para quem faz isto de vez em quando (e não pensa na profissionalização 😃) há modos mais simples e baratos.
Hoje deixo-lhes uma forma barata (!) de construir uma antena devidamente testada (aqui só se publicam projetos testados pelo autor!) para receber os satélites NOOA (meteorológicos) ajustada para os 137,5MHz, com a vantagem de ter receção omnidirecional.





QHF Antena quadrifilar LHCP (circular esquerda)
Material utilizado:
- 70cm de tubo PVC 50mm;
- 1 tampa;
- 1,5m de coaxial;
- 1 PL de chassis;
- 2x118,1m de tubo de cobre 6mm;
- 2x111,4m de tubo de cobre 6mm;
- 1 dose de gosto + 1 de habilidade (!!!)





Os ângulos do tubo sem vincar fazem-se, facilmente, com um alicate de dobragem (ou outra).





Abaixo da fixação superior (+- 5cm) faz-se um furo, para o cabo sair, dar 4 voltas completas (choque de RF*) e volta a entrar dentro do tubo até próximo da base, onde liga a uma PL de chassis, ali fixada.
Sugestões de montagem: rosca interior no tubo, parafuso com anilha



O custo estimado é de menos de €20  (na CE encontrei esta antena à venda entre €200 e €250+portes).

O resultado final é o que consta da foto.

Se quiser ler mais sobre os satélites meteorológicos ou de amador, clique aqui.

Mãos à obra e bom trabalho!


*A sua função é a de ajudar a eliminar correntes de RF de fluir do lado externo do cabo coaxial.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui a sua opinião. Obrigado!